Aula 4: A construção de universos mentais

Os modelos organizadores proporcionam instrumentos para introduzir novos elementos na ciência, os novos paradigmas. Esses novos paradigmas são constituídos pela subjetividade dos sujeitos, pela construção da ciência pelo homem, pela complexidade e auto-organização dos seres vivos. A mudança do pensamento humano e da sociedade nos remete ao construtivismo e a introdução de aspectos emocionais e afetivos nos remete à complexidade Para cada indivíduo existe uma realidade diferente. Cremos naquilo que sentimos e pensamos.

Os modelos organizadores permitem o conhecimento e a aplicação de idéias, a partir de construções de universos mentais.

Por exemplo, a primeira vez que conhecemos uma pessoa, pensamos que a conhecemos. Porém, com o passar do tempo, minha percepção sobre aquela pessoa pode mudar.

Estamos acostumados a acreditar em que o que vemos é a realidade. Porém, a realidade não é única, ela é individual e pessoal. A verdade absoluta não existe, a verdade é uma invenção dos homens. O que temos são aproximações da realidade, e a partir de um consenso, uma determinada aproximação é eleita verdadeira.  

Características dos modelos organizadores (MO)

a)      Um MO é um sistema organizado de representações que o indivíduo constrói a partir de dados, que são selecionados em um fenômeno ou uma situação determinada. O indivíduo atribui significados diferentes para esses dados de acordo com o fenômeno ou a situação determinada.

b)      Como consequência, não serão todos os dados de um fenômeno ou de uma situação determinada que estarão presentes no correpondente MO do indivíduo, já ele seleciona somente aqueles dados que ele considera significativo.

c)      Os dados que um determinado indivíduo não atribui significado não faz parte daquele MO. Assim, o indivíduo age como se aquele dado não existisse, mesmo ele sendo conhecido.

d)      Diante de uma mesma situação, diferentes indivíduos podem atribuir como significativos dados diferentes.

e)      Um mesmo dado pode ter diferentes significados, ou seja, interpretações diferentes para diferentes indivíduos, ou para um mesmo indivíduo e momentos  diferentes, em função de outros elementos considerados.

f)       Na seleção de dados e na correspondente atribuição de significado, ocorre a intervenção de fatores de origem cognitiva e de origem emocional.

g)      Da mesma maneira que nem todos os dados observáveis estão presentes no MO, também nem todos os dados presente no MO figuram entre os observáveis, já que existem alguns que são o produto de conclusões livres do indivíduo, da sua imaginação, sem nenhum referente observável, construído por ele para dar coerência ao conjunto.

h)      A organização do modelo tem uma estreita interação com o tipo de dado selecionado, com o seu significado e com suas implicações. Sua função consiste em estabelecer determinados tipos de relações entre todos os elementos que figuram no modelo, para assegurar sua coerência interna. A organização operatória é um caso particular de organização entre outras possíveis.

i)        Dado que todos os elementos que compõem o modelo organizador são interdependentes, a modificação de um deles ou a inserção de um novo, implica reajuste de tudo ou mudança mais ou menos radical do MO.

j)        Cada indivíduo apóia uma situação nova em outra já experimentada, e age de maneira análoga a situação anterior. Porém, não é possível fazer esta ligação se não há referentes reais, portanto não há conexão entre os MO.

k)       Os MO constituem um referencial das teorias, porém não para os fenômenos que pretendem descrever, isso possibilita a explicação psicológica das mudanças de paradigma, pois nunca se completam todos os dados possíveis em nehuma teoria.

Exemplo: No dia de aniversário de casamento, um casal começa a discutir porque não entram em acordo sobre a escolha do restaurante para jantar. O marido pergunta à esposa onde ela quer ir jantar, e a esposa responde que ele pode decidir onde eles irão.  O marido prefereria ir em um churrascaria para saborear uma boa carne mal passada em um rodízio, porém, pensa melhor e pergunta à esposa onde ela gostaria de ir, pensando em fazer uma gentileza e deixar que ela escolha o restaurante. Já a esposa que adora um restaurante francês, onde a comida é cara e as porções são de acordo com sua dieta de pouquíssimas calorias, pensa que se seu marido a ama e a conhece bem, portanto, ela tem certeza de que ele sabe qual é o seu restaurante preferido e vai escolhe-lo para levá-la. O marido inssite em perguntar à esposa onde ela gostaria de ir, pensando que está a agradando, já a esposa se entristece por pensar que seu marido não a conhece, ou seja, não a ama mais. Após perguntar mais uma vez, a esposa escolhe o mesmo restaurante sem graça do bairro e o marido aceita sua decisão, achando que está fazendo algo maravilhoso pela esposa, embora esteja mesmo é desejando comer um grande filé.

 Chegando no restaurante, o marido faminto, pergunta logo à esposa qual prato ela deseja comer. Mais uma vez, a esposa se entristece por ele não ter adivinhado sua escolha, e agora também não adivinhou que  estava passando em sua mente. O marido percebe que não está a agradando e fica aborrecido, afinal, ela deveria agradecê-lo pois eles estavam jantando fora bem no meio da semana mais atribulada no trabalho, quando ele queria mesmo era relaxar assistindo televisão. Após o jantar, quando o casal chega em casa, a esposa se sente menos amada pelo marido, e o marido sente que sua esposa não o valoriza.

Cada indivíduo organiza os dados de maneira única e exclusiva e atribuem significados diferentes em uma mesma situação.

 

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s