Aulas 9 e 11: A construção social e psicológica dos valores e Educação moral e direitos humanos

“Toda moral consiste num sistema de regras, e a essência de toda moralidade deve ser procurada no respeito que o indivíduo adquire por essas regras”

Jean Piaget, o juizo motral na criança, 1932

 Os valores referem-se a trocas efetivas que o sujeito realiza com o exterior. Eles surgem da projeção de sentimentos sobre objetos e pessoas. O processo de construção de valores é diferente para cada pessoa, pois é uma ação de cada sujeito.

Universalidade

Limite de culturas, por exemplo, questão de gênero, nações que multilam mulheres, para nós é um absurdo mas em outras culturas não, e isso deve ser respeitado, partindo do pressuposto que não existem valores universais. Há culturas que existe pena de morte, culturas nômades cujas crianças defeituosas são deixadas porque não sobreviveriam.

Choque de culturas: como vemos uma cultural com a interpretação de outra, devemos dialogar, e não intervir através da violência. Se minha cultura diz que a democracia e a justiça se estabelece através do dialógo, não podemos fazer guerra. Se eu decido morar num país, eu devo seguir as regras daquela cultura. Os temas transversais permitem incorporar a pluralidade cultural, incorporar as diferenças.

declaração universal dos direitos humanos: é um guia para a nossa cultura.

Valores nas instituições de ensino

Valores e princípios que fundamentam e sustentam a declaração universal dos direitos humanos, pois a declaração dos universal dos direitos humanos é referência, para vários países, em termo de inclusão e educação para todos. De acordo com a conferência internacional em educação superior UNESCO, é papel da escola:

  • Desempenhar um papel de liderança na construção social do conhecimento global para enfrentar os desafios globais, incluindo a segurança alimentar, as mudanças climáticas, a gestão da água, o diálogo intercultural, as energias renováveis e a saúde pública.
  • Contribuir para a formação dos cidadãos com princípios éticos, comprometidos com a construção da paz…

Repensando os conteúdos, tempos, espaços e relações nas instituições de ensino comprometidas com a construção da paz, dos direitos humanos, e de valores de ética de democracia e cidadania, pode-se instituir fóruns públicos de ética e cidadania. Um fórum articula os diversos segmentos da comunidade escolar e não-escolar, em torno das temáticas de ética, convivência democrática, direitos humanos e inclusão social. Dessa forma, é preciso:

  • Romper os muros da escolas: projetos com a comunidade e problemas sociais locais. O aluno passa a ser responsável pelo processo educativo;
  • Construir relações sociais e interpessoais democráticas:  assembléias escolares; grêmios estudantis; estratégias de resolução e de mediação de conflitos;
  • Promover o protagonismo do sujeito que aprende: metodologias ativas de aprendizagem;
  • Implementar um currículo com temas de cidadania. 

Para saber mais:

Educação e Valores: Pontos e Contrapontos.  Ulisses Araújo e Josep Puig. Editora Summus

 Direitos Humanos na Educação Superior: Subsídios para a Educação em Direitos Humanos na Pedagogia.  Zenaide Ferreira e Dias. Mec/UFPB

 Educação E Valores: Pontos E Contrapontos. Ulisses Ferreira Araújo, Josep Puig e Valéria Amorim Arantes. Editora  Summus.

Cinco Estudos de Educação Moral Capítulo: O Ambiente Escolar e o Desenvolvimento do Juízo Moral Infantil.

Ulisses Araújo Editora Casa do Psicólogo

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s